Ressaca literária: um mal... que tem cura

Oie gente!!!
Primeira vez que vou tentar um post diferente aqui no blog, espero que considerem essa questão ao analisarem a forma que o post ficará no final, hehehe.

Bom, um problema que todo leitor passa (infelizmente) é a chamada ressaca literária. Pode vir depois de um livro muito bom, que você não consegue tirar da cabeça, ou depois de um livro ruim, que você sentiu que demorou séculos (mesmo não tendo demorado) para finalizá-lo.

                                                       

E é normal, de todos nós leitores assíduos, passarmos por isso. Pois adentramos firmemente em cada livro e em cada aventura que passamos. Algumas nos desgastam (os chamados romances policiais, os quais debatemos com a nossa mente quem é o assassino ou quem é o mocinho). Nos desidratam (os livros tristes de morrer, que chegamos a soluçar durante toda a leitura). Nos fazem rachar de rir a história toda (pode parecer que não, mas as vezes um livro alegre demais, nos desgasta também). E diversos outros tipos de sentimentos que os livros nos transmitem...

Porém, para a nossa alegria, temos os livros chamados LIGHTS, que sempre (pelo menos no meu caso) me curam daquela ressaca literária de matar (que nós, blogueiros, não podemos nos dar ao luxo de ter).

             


Isso mesmo gente, existem livros que podem nos tirar dessa ressaca péssima que as vezes entramos, e vou dar algumas dicas para vocês... Já aconteceu comigo e eu obtive muito sucesso ao seguir minhas próprias dicas, kkkkk.

O primeiro livro (que me tirou da ressaca grande que tive depois de 'A culpa é das estrelas' foi um romance bem lightzinho da Meg Cabot (esse foi o segundo da série, mas recomendaria, para quem não leu, tentar o primeiro da série).









Todos nós sabemos que a Meg Cabot tem uma escrita light e fantástica. As páginas passam voando, e os personagens dela são muito engraçados (dando ênfase as protagonistas). Heather me conquistou desde o primeiro livro da série, o que me motivou mais ainda a continuar. Achei que terminaria no terceiro (Tamanho não importa), mas fiquei sabendo pelas redes sociais de Meg que vai até o 5 (UHUUUUL). Ansiosíssima para os dois últimos lançamentos aqui no Brasil.
Na minha cura da ressaca por conta de John Green esse me caiu como chuva no deserto: salvou minha ressaca de desidratação, hahaha.







Outro livro que conseguiu me tirar da ressaca tensa depois de um livro com personagens meio darks, super intensos, com muitos problemas, muita superação e etc (No limite da atração) foi um romancezinho super light e NACIONAL, que me fez relembrar os tempos de O diário da princesa, que eu tive o prazer de conhecer a escrita dessa autora maravilhosa (já me encantei por ela e seu conto de fadas): Sim, nada mais nada menos que Simplesmente Ana!!!!  
Li o livro em um dia, os personagens super cativantes, sem contar a cena super-hiper romântica e fofa (ok, não vou entrar em detalhes para você que ainda não leu).
Foi uma surpresa do ano para mim, e com certeza entrou no ranking para a cura da ressaca literária.
(Se quiser dar uma olhadinha na resenha, clica no link aqui).


              






Outro amorzinho do ano para mim, Fazendo meu filme veio como a solução dos meus problemas depois de uma série de livros não muito animadores. Vi uma menina falando sobre ele num vídeo 'livros para ler em um dia' e me encantei logo de cara pela capa. Quando ela contou do que se tratava, fui correndo a livraria comprar. E adivinhem? Simmm, curou minha ressaca e voltei a ativa com tudo para as minhas leituras (e principalmente para a minha meta de blogueira). Uma leitura leve (li em um dia e algumas horas), super empolgante mesmo a história sendo bem light, a escrita de Paula Pimenta me prendeu e agradou demais. Vale a pena apostar nesse!!!
(Se quiser dar uma olhadinha na resenha, clica no link aqui).



Bom gente, infelizmente não consigo mostrar aqui todos os livos que já me salvaram desse mal, mas ficou algumas dicas dos chamados Lights que eu mencionei, para vocês darem uma olhadinha.
Caso tenham alguma ideia de outros que possam ter o poder da cura, por favor me indiquem!!! Esses conselhos nunca são demais para nós que temos a leitura como hábito.

Então é isso gente, espero que tenham gostado do post, e espero que consiga trazer mais posts diferenciados para vocês, hehehe.

Beijão,

25 comentários:

  1. Oi Jessica, chick-lit é uma delícia mesmo, em qualquer época do ano da vida de tudo, é meu gênero preferido pra sempre, por isso no meu caso, como eu leio muitos chick-lits eu preciso de alguma coisa mais dramática ou mais ''pesada'' pra sair da ressaca de comédias românticas, mas eu concordo contigo,sempre que um livro nos desgasta demais, chick-lit é o melhor remédio.

    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  2. oi Jéssica! nossa ter ressaca literária é f*da, o livro simplesmente não sai da mente!!! sempre que to na ressaca eu releio os meus livros da Carina Rissi ou da Sophie Kinsella!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Ótimas indicações para curar ressaca. Estou passando por uma, pois ninguém é Katniss ou Peeta e ainda estou esperando ouvi-los. Acho que vou tentar uma dessas opções. Retribuindo sua visita.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá flor....Ótimas dicas... Mas ultimamente ando mais com preguiça..O tempo livre que eu tenho eu quero descansar sabe?! Desligar um pouco a mente... Mas estou tentando voltando aos pouco e com um livro light ;)
    Beijooos
    http://estoulendoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olha, estou ainda me preparando emocionalmente para ler os livros do Autor John Green, porque sinceramente ainda tenho receio de ler sabia? Tenho medo de ler algo que eu não goste...enfim...Mas também posso me surpreender com a estória, porque sinceramente o que me deixa meia assim é a questão da doença sabe ? A'te porque já tive caso na minha familia e a gente fica seila...com um escudo na frente. Mas já me disseram que o livro é bem diferente e n fala da doença em si...que conta uma estória muito linda dos protagonistas. Espero poder gostar e não ficar com tanta ressaca literária hahahaha...Enfim...
    Gostei das suas dicas. E já até sei que livros irei ler quando eu terminar de ler A CULPA É DAS ESTRELAS (risos)
    Se cuida minha linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu já fiquei uma vez com ressaca literária depois de ler "Admirável Mundo Novo", fiquei tão impactada com a estória que não conseguia pegar em nenhum outro livro. Mas então, eis que me apareceu "A Rosa do inverno" (Meg Cabot sempre nos salvando rsrsr) e consegui me curar haha.
    Amei o post, ótimas dicas!

    beijos.
    www.like-a-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Esses livros que nos tiram da ressaca são puro amor. <3
    Normalmente os que me fazem entrar de vez na história, como os do John Boyne, me deixam numa ressaca tremenda. Os chick-lits SALVAM!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jessica!

    Nossa, nem me fale em ressaca literária! Eu estou com uma e isso é horríííível! A última que tive foi em Janeiro, com o livro "Julieta", da Anne Fortier. O livro é legal, mas a leitura não fluia :( ARGH! Eu estou com 3 da Meg Cabot e 2 da Sophie Kinsella aqui e sei que ela cura a ressaca literária de qualquer um, por isso estou pensando em ler, mas tenho alguns de parceria e tenho que dar prioridade a eles e... O que eu faço? Socorro! HAHAHA Concordo com a Luara, os chick-lits salvam mesmo (benditos chick-lits! ♥)

    P.S: Tô organizando um Amigo Secreto Literário entre blogueiros lá no blog, se tiver interesse, passa lá depois pra conferir. :D

    Beijos!

    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Já tive algumas ressacas, mas ainda bem que faz um booom tempo que não passo por isso (ok, isso quer dizer que quando menos esperar vou estar novamente deitada em posição fetal na minha cama, "chorando" por não conseguir ler nada)...

    Beijinhos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  10. Não gosto muito de ficar assim, sei lá...
    Suas dicas são bem legais ^^
    BJO Lucca.

    -Vitamina de Pimenta-

    vitaminadepimenta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. eu não me sinto muito bem com ressaca literária cara, sei lá, parece q nao sei viver direito huasshusuhhu
    mas pra sorte sempre leio algum livro fofinho e tranquilo q faz isso aliviar
    ^^

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  12. Olá. Eu gostei do seu blog e já estou te seguindo! Me segue também? Me seguindo, seu blog será adicionado à Minha Lista de Blogs e será visível aos meus duzentos visitantes diários. Basta você comentar dizendo que está me seguindo para eu te acrescentar.

    Sucesso!

    www.teoriasdoleaodamontanha.com.br

    ResponderExcluir
  13. Já li um livro da Meg e é realmente "gostoso" ler um livro dela.
    Acalma, mas nem por isso deixa de ser marcante e animador.

    Bjos

    Rafa Melody
    http://rafaacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gosto desses livros light!
    Eu já tive várias ressacas literárias, mas sempre acabo me recuperando com outras boas leituras!
    Adorei as dicas
    Beijinhos
    Rizia-Livroterapias

    ResponderExcluir
  15. Como eu entendo isso de ressaca literária, vivo tendo as minhas :)
    Ainda bem que você conseguiu um meio de se recuperar das suas. As vezes eu fico semanas sem conseguir ler nada depois de alguns livros, mas ai aparece do nada um livro bem legal que me faz superar.
    Obrigada pelas dicas.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Ainda bem que tem esse livros mais leves para podermos curar a ressaca né? Não li nenhum dos que você indicou, mas quero ler os três hehehehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  17. Pois é, ainda bem que existe cura, e realmente suas dicas são bem verdadeiras, um livro mais leve pode nos tirar a ressaca literária. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Eu adoto sempre essa tática de pegar livros mais leves depois de uma leitura que me exigiu muito ou que me deixou meio insatisfeita. Gosto muito de ler romances pra aliviar essa tensão toda, a dica é super válida ^^

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  19. Ainda bem que existem livros lights, né flor? Adorei as dicas... =] beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Oie Jéssica =)

    Ressaca Literária é complicado mesmo =/ esse ano eu passei por duas, mas sempre que percebo que estou sofrendo desse mal escolho um livro curtinho e leve para ver se essa bendita passa rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  21. Oi Jéssica, tudo bem?

    Quem nunca passou por uma ressaca literária que jogue a primeira pedra, né? hahaha Ainda mais depois de ler A Culpa é das Estrelas, esse livro acaba com qualquer leitor!

    Adorei suas dicas, também sou dessas que aposta em livros leves e divertidos para mandar a ressaca para longe! Quero muito ler Fazendo meu filme :)

    Beijos

    Pah, Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  22. Oie Jessi
    adorei o post, e ele veio a calhar, pois estou numa ressaca literária braba após ler Insurgente!! Não quero viver, nao quer ler mais nada...rs
    Gostei das dicas, eu tenho Simplesmente Ana aqui, e se não conseguir emplacar a leitura do próximo livro da minha meta, irei pegá-lo.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  23. Meg Cabot SALVA! É tudo que tenho a dizer. E você tem razão, ressaca atinge a todos e blogueiro não pode se dar a esse luxo. E, como você disse, esses livros light sempre tiram da ressaca, parece que dá uma renovada. E Meg é mestra, até hoje nunca falhou comigo.

    Beijitos

    ResponderExcluir
  24. Eu tenho essa mesma técnica que você, sempre que passo por uma ressaca pego um livro com poucas páginas e que sei que é mais leve e mais descontraído, o ultimo que li para curar minha ressaca foi Legend, mas quase não não funcionou porque ele também tem uma carga grande de sentimentos e uma história muito bem desenvolvida.
    Abraços, Raquel – Viajando com Livros.

    ResponderExcluir

Olá!

O seu comentário é muito bem vindo e importante! Mas peço, por favor, que comente algo relacionado ao post, ou se quiser falar comigo, deixe um recado, mas nada de "estou seguindo, segue de volta"? Ou "Passa Lá?!" ... Comentários desse tipo não são bem vindos. Se você é blogueiro, eu te entendo, deixe o seu endereço na assinatura do comentário que com certeza vou te visitar, e vou seguir se achar legal, assim como quero que as pessoas façam aqui no Best, ok?! Seja um blogueiro consciente e respeite o meu trabalho. Conto com sua colaboração.

Obrigada!